quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Adormecendo na Escuridão, o primeiro livro da Saga Bela Adormecida


         Desde o fenômeno “Crepúsculo”, tenho percebido algumas mudanças nos livros “YA”, para jovens adultos. Atualmente, há uma grande demanda por histórias que misturem amor –sempre tem amor em “YA” –um toque de suspense e magia, muita magia. Além disso, de uns 2 anos pra cá, vemos que é crescente a readaptação de contos clássicos. Foram lançados “A Garota da Capa Vermelha”, “Branca de Neve e o Caçador”, “Espelho, Espelho Meu”, “A Fera”, “Malévola” e está planejado para estrear em 2015 uma adaptação da Disney de Cinderella. Eu adoro contos de fadas, adoro adaptações e, justamente por isso, fiquei muito feliz quando surgiu a parceria com o livro Adormecendo na Escuridão, da Saga Bela Adormecida.
         A Saga é uma trilogia criada por K. F. Zacharias, autora brasileira apaixonada pela princesa Aurora desde pequena e que resolveu recontar sua história, nos mínimos detalhes. Esqueça todo o ambiente bucólico no qual Aurora é criada por 3 fadas ingênuas e vive em harmonia com a natureza. O ambiente de Adormecendo na Escuridão é sombrio, cercado de perigos e empecilhos para o desenvolvimento de Aurora –eu imaginei todas as cenas do livro de noite, ou em um dia bem nublado, repleto de névoa e medo.  
         O reino de Valescia, dividido em quatro povos, Cerks, Touls, Veins e Langs, sempre foi repleto de magia, poder manifestado entre os eleitos. Cada eleito, pertencente a cada povo, apresenta um poder que controla um elemento. Contudo, a princesa Aurora foi predestinada para possuir o poder do espírito, ou seja, a união de todos os poderes, podendo, algum dia, chegar controlar os 4 elementos. Para o reino prosperar é imprescindível que todos os que apresentem poderes trabalhem juntos em harmonia.
         Apesar dessa aparente responsabilidade que cada eleito deve ter para preservar a união do reino, no passado um ritual complexo foi realizado, causando um acidente e permitindo que Radassa se desvinculasse do grupo e assumisse uma postura malévola.  Todo reino passa correr perigo, principalmente Aurora, a criança predestinada. Dessa maneira, quando a princesa nasce, ela é mandada para ser criada longe, por 3 protetoras que a ensinarão sua história e tentarão ajuda-la a desenvolver seus poderes.
         Paralelamente à narração da criação de Aurora, nos é mostrado como crescem os outros 4 jovens poderosos: Zog Lang, Elmer Toul, Amiel Vein e Alicia Cerk. Cada um deles apresenta personalidades, poderes e anseios diferentes. O meu personagem preferido, e acho que o da maioria dos leitores, é Amiel Vein, pois ele é o único que consegue enxergar algo além do cenário amaldiçoado que vive e fazer planos para um futuro em que pudesse ser feliz com a sua amada Alicia –ele até escreve poesias.
         Como toda trilogia, geralmente, o primeiro livro é responsável por prender e apresentar o enredo ao leitor. Adormecendo na Escuridão é cheio de reviravoltas, te obrigando, simplesmente, a ler os próximos volumes. Você precisa saber o que acontece com Aurora, com os eleitos, com o reino de Valescia e com a malévola Radassa –eu estou muito ansiosa pelo próximo livro, quando vi que tinha chegado ao final, fiquei “e agooora???”.
         Adormecendo na Escuridão está disponível para compras na Amazon. Fiquei um pouco insegura, nunca tinha lido um e-book, achei que seria um pouco pesado, mas a leitura fluiu perfeitamente. Não à toa, o livro está entre os mais vendidos. Ele pode ser baixado em qualquer dispositivo que contenha o aplicativo  Kindle, celular, computador, tablet –eu li 90% no celular.
Por ser digital, a Saga conta com materiais interativos, como um blog mantido pela autora, Instagram e Facebook (deixarei todos os links disponíveis abaixo), além dos primeiros capítulos serem disponibilizados para download. O livro físico será lançado em breve (mal posso esperar pelo meu!).  A Saga Bela Adormecida é indispensável para os jovens que amam contos de fadas, aliados ao mistério e à magia. A autora nos apresenta uma visão completamente nova e sombria da história que já cansamos de ouvir. Repito: estou morrendo de ansiedade para ler os próximos 2 livros e descobrir o desfecho dessa Saga tão intrigante.
        





*Fiquei tão animada que já vou emendar a leitura de As Brumas de Avalon e, sim, após ler esse livro eu comecei a assistir Once Upon a Time.



Lendo no friozinho com o meu amor.



O que vocês acharam? Deixem comentários! Beijos

4 comentários:

  1. Ola Natalia não conhecia a autora adorei a resenha ,ver nosso contos de fadas sobre visão é no mínimo curioso, já vou colocar em minha lista de leitura .

    abraços

    Joyce

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coloque sim, você não vai se arrepender. O livro traz uma versão muito instigante sobre a Bela Adormecida!

      Beijos

      Excluir
  2. Olá Nat!

    Eu sou apaixonada por conto de fadas, e acho que este livro iria me encantar tremendamente *O*
    Adoro essas adaptações que eles fazem, tanto com mistérios quanto com romance. Tudo fica muito bom!
    Estarei esperando para comprar o físico <3

    Beijos,
    Ana M.
    www.vicioemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também estou esperando o livro físico para reler tudo enquanto os próximos volumes não chegam! A autora me avisará quando os livros chegarem nas livrarias e eu conto tudo pra vocês aqui ou no meu Insta (@nat_assarito)

      Beijos

      Excluir