quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Madrugada dos Mortos




               Mês do Horror sem zumbis não é Mês do Horror! Madrugada dos Mortos é um dos clássicos do terror trash non sense do cinema americano. Lançado em 2004, o filme é um remake do original de 1978 e representa bem aquele estilo de filme que você assiste quando não quer nada com nada na vida. Eu, por exemplo, estava cansada de pensar em eleições e no aparente fim do mundo prometido para 2015 e decidi que domingo depois do almoço era uma boa hora para arrancar meu cérebro fora da cabeça e me afundar no sofá assistindo um filme sobre zumbis hahahaha Apesar do cenário depressivo que eu bolei, pra ser bem sincera, adorei o filme e achei super divertido.


                A história começa com uma enfermeira que tira a noite de folga pra fazer sexo com o marido e não assiste o jornal, no qual passa UMA VEZ a notícia que um vírus zumbi assassino está se espalhando. Na manhã seguinte, sua enteada acorda zumbi, come o pai e a enfermeira precisa fugir desesperadamente, em meio a uma vizinhança morta viva.

Ops, meu marido zumbi está na porta tentando me atacar, acho que vou dar um tempo na banheira
                Essa enfermeira encontra um policial e outros pouquíssimos humanos que ainda não foram infectados e se refugiam em um shopping, onde, por algum motivo, os zumbis não conseguem entrar. O shopping, entretanto, já está sendo usado por 3 seguranças que, em um primeiro momento, não aceitam que o outro grupo se junte a eles, mas depois ficam “de boa” (claro que vai ter aquelas briguinhas bobas e um querendo matar o outro, porém, na medida do possível, é tudo bem tranquilo). O clima fica ameno até que a comida do shopping começa a acabar, alguns zumbis descobrem como entrar e eles percebem que será necessário sair e encontrar um local que não esteja infectado pelo vírus.

É por isso que nós devemos fazer exercícios físicos regularmentes

                No geral, minha simpatia por Madrugada dos Mortos é justamente porque o filme é aquele clichêzão de zumbis, estilo terror adolescente sexualizado. A fotografia do filme é impecável, os zumbis são nojentos demais e você se lembra de alguns deles por muito tempo – e dá risada hahahaha. Eu adorei o ambiente do shopping, porque sempre pensei que se houvesse qualquer tipo de apocalipse me esconderia em um, ou em um supermercado.

A melhor zumbi do mundo <3

 Só fiquei em dúvida em uma questão: o mundo inteiro virou zumbi, menos algumas pessoas que estão trancadas no shopping, o que leva todos os zumbis a se amontoarem nos arredores para comê-los. O que acontece se esses zumbis realizam seus sonhos e comem os últimos humanos? Qual a função da vida morta de um zumbi se não sobre ninguém pra eles mastigarem? Sempre vejo umas notícias duvidosas sobre a Rússia fabricar esse vírus zumbi, quem sabe no futuro descobrimos a resposta (espero que não) hahaha

                Madrugada dos Mortos não promete e não é um filme inteligente, ao contrário, é justamente algo cômico feito para você, que adora zumbis, relaxar. Não tem jeito, o meu preferido do gênero ainda é Zumbilândia, mas esse quebrou um galhão... Ah, antes que eu me esqueça, assisti o filme (como quase sempre) no Netflix!




*O trailer, mais uma vez, não está 100% legendado, mas dá pra ter uma ideia. O que vocês estão achando das postagens do Mês do Horror? Estão gostando da ideia de toda quarta ter sugestão de filme?

2 comentários:

  1. Ooii , Meu Nome é Jordana e Adoro Filmes De Terror .
    Poderiam Me Passar Alguns Títulos Arrepiantes ? Hahah ...
    Maas Daqueles Que Não Te Deixam Dormir ... Haha
    Ameeii o Filme Madrugada Dos Mortos .. Beeijo ><

    ResponderExcluir
  2. Amei demais a resenha Nat, eu sou apaixonada por filme de zumbis justamente por ser um terror cômico, sabe '' nada com nada'' como você disse. Fiquei muito feliz e me identifiquei quando você falou que o seu filme preferido do gênero é Zumbilândia, o meu também é, amo muito hahaha. Beijão Nat, Lua.

    ResponderExcluir