quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Gratidão




                Nesse momento, meu desejo é escrever algo que possa expressar minha gratidão por 2014, por vocês e por todos aqueles que eu conheci e amei nesse ano. 2014 chegou de mansinho depois de tanto ter acontecido no ano anterior. Meu cachorro e melhor amigo havia morrido, estava rompida com o Fê e sentia uma daquelas tristezas crônicas que só me permitia ficar deitada dormindo o dia inteiro.  Sem exageros, não esperava poder ser feliz.
                Provavelmente, todo esse papo de psicólogo sobre nós escolhermos a nossa postura e maneira de observar a vida seja verdade. Compreendi que aquilo que eu precisava só poderia ser feito por mim. Entre o último mês de 2013 e o primeiro de 2014 tirei uma força de vontade que nem sabia que tinha (e que também não voltou mais) e resolvi tudo aquilo que só eu poderia realizar e precisava, para saber que eu sou minha dona, capaz de me controlar e realizar meus sonhos.
                Talvez influenciada pelos astrólogos que todo começo de ano dizem que nós vamos viver o melhor ano da nossa vida e que nesse, especialmente, disseram que o planeta regente seria Júpiter (Júpiter é o nome do sistema da USP, olha só!), acreditei que poderia ser diferente. E foi!
                Só no primeiro mês do ano passei na Fuvest, peguei meu namorado de volta, cortei o cabelo curtíssimo e fiz minha primeira tatuagem (uma homenagem ao meu cachorro). Depois, principalmente por conta da USP, foi uma novidade atrás da outra. Conheci pessoas com trajetórias de vida e comportamentos completamente diferentes do meu, o que me trouxe um grande aprendizado. Além disso, estar na USP te possibilita estudar qualquer tema que você tenha curiosidade, assistir palestras de indivíduos que você tanto admira e sempre considerou inacessíveis, ler textos que você nem imagina que possam existir, enfim, um crescimento intelectual muito grande.
                Não pensem que quando digo isso me exibo, porque a USP também me expõe todos os dias o quanto eu ainda não sei em comparação aos meus colegas e o tanto que preciso me esforçar e vencer meus medos para chegar um pouquinho perto dos meus professores. O que quero expor é que era uma pessoa antes de 2014 e hoje, há menos de um mês dos meus 21 anos, me sinto outra completamente diferente.
                Eu cansei de olhar para tudo que eu não tenho e decidi lutar para conquistar o que considero que seria justo para mim. Uma briga diária se forma dentro de mim que sou cheia de medos e inseguranças. O blog foi uma conquista desse ano, algo que pode aparentar ser pequeno, mas pra mim diz muito. Eu sempre gostei de escrever e por muito tempo me entreguei para um pavor que gritava na minha cabeça que era não era boa o suficiente. Ainda me acho extremamente abaixo do que me cobro, mas só de escrever essas palavras aqui, significa que eu tento e me aprimoro todos os dias (um passo de cada vez).
        Sabe, todos nós devemos sentir pelo menos uma vez que somos nossos senhores e, consequentemente, capazes. Empoderar-se é a solução. Nós precisamos tomar consciência do que nós somos, de onde estamos e do que queremos. Vejo muitas pessoas frustradas porque fizeram promessas de ano novo e não cumpriram. 90% desses casos ocorrem simplesmente pelo fato dessas promessas serem impossíveis. Você não pode prometer que em 2015 vai comprar uma casa se nem possui um emprego, entretanto, pode prometer que vai levantar cedo todos os dias e batalhar até ter um emprego. Talvez sua casa não chegue nesse ano, mas, com certeza, estará mais próxima.
                Comecem o ano dizendo para si mesmos que viverão uma conquista por dia, pois cada dia se esforçarão para chegar mais perto do resultado final. Vocês com comentários carinhosos me fizeram não desistir. Já são quase 1000 no Instagram! Acreditem, se eu, a pessoa mais tímida e paranoica que eu conheço conseguiu chegar em quase 1000 seguidores, qualquer coisa podem acontecer!

                Espero que 2015 seja um ano de esperança e que vocês possam dividir comigo parte dele, ainda que seja apenas as leituras! Vivam seus sonhos e esqueçam as neuras. Cada dia que passa é um dia a menos e ponto final. 

2 comentários:

  1. Ameiii, Na! Muito sucesso pra você nesse ano que acaba de começar! Você é uma garota talentosa e determinada, merece demais! Adorei te conhecer (mesmo que ainda não pessoalmente) ano passado!

    http://bymiih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Aii, Mih, como você é linda! Desculpa demorar pra responder, agora fiquei até com vergonha! Você também merece demais todo o sucesso que você JÁ FAZ e vai fazer em 2015. Acho que esse ano é o limite para marcarmos um passeio e nos encontrarmos pessoalmente.

    Beijos

    ResponderExcluir