sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Tudo Sobre Arte (Resenha)

Desde que comecei a estudar História da Arte no Brasil na Pinacoteca do Estado de São Paulo tenho procurado livros que me ajudem um pouquinho a compreender melhor o tema, observando a arte como um conceito geral para poder perceber quais são as influências e referenciais de nossos artistas. No Instagram uma seguidora me sugeriu "Tudo Sobre Arte", um guia incrível da Editora Sextante. Como estou começando na área, gostei muito do livro e resolvi compartilhar um pouquinho com vocês. 

Uma das características que mais me chamaram atenção é que a publicação é um apanhado de tudo que pode ser considerado arte hoje em dia (tudo MESMO!). Ou seja, não é uma boa escolha para quem tem interesse em algo que mostre detalhes mais específicos de um ou outro movimento artístico. Por outro lado, para uma primeira experiência de apresentação, é uma ótima escolha, uma vez que expõe tudo o que já foi produzido pelo homem desde as pinturas rupestres (e em quase todas as culturas). 

O livro é dividido em sessões, desde a pré história até os dias atuais. sendo que essas divisões são recortes temporais de acordo com a quantidade de obras que se foi produzida naquele período do tempo. Por exemplo, a primeira sessão, "Da Pré-História ao século XV" envolve um espaço abrangente, contudo, como é pequeno o número de manifestações artísticas preservadas desse período, dá conta de explicar tudo. Porém, o século XX, com todas as suas vanguardas e inúmeras obras catalogadas foi dividido em duas sessões, para uma melhor compreensão didática dos artistas e de seus movimentos. 

Dentro da divisão temporal, escolheu-se pinturas (e esculturas ou demais intervenções) que melhor caracterizam o período e o movimento em questão. Cada eixo artístico, antes de ter suas obras e responsáveis explicados, conta com uma linha do tempo em que se contextualiza historicamente o que estava acontecendo, além de ter as principais características apontadas. Assim, ao se chegar as obras, o leitor possui uma bagagem maior para avaliar o que está vendo.

Os pintores mais consagrados contam com um breve perfil ao lado do quadro, sendo que as obras possuem seus detalhes isolados e comentados. A edição faz questão de chamar atenção para os pontos que definem a obra dentro do panorama histórico em que está inserida, favorecendo a compreensão por parte do leitor.


Apesar do meu curso ser focado no Brasil, o livro não atende à essa demanda, porque é uma publicação estrangeira e fora daqui a arte latino americana é agrupada como uma coisa só (vocês devem imaginar o quanto isso me irrita e chateia haha). Como disse acima, "Tudo Sobre Arte" é interessantíssimo para quem tem curiosidade em conhecer um pouco sobre história da arte e, quem sabe, no futuro se aprofundar no tema (mesmo para quem não tem pretensões de ser um grande historiador da arte também acho incrível a possibilidade de se adquirir um pouquinho de cultura geral através dessa leitura). As páginas são muito bem ilustradas e há um cuidado por parte da edição de tornar tudo o mais didático possível. Contudo, imagino que não seja tão legal para quem já tenha um conhecimento amplo sobre a área. Estou lendo aos pouquinhos, sem obrigação de terminar e amando. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário